Ícone RSS Ícone Página Principal
  • Hydra: Fonts

    Publicado em 1 de janeiro de 2015 omyasuda Sem comentários

    FontManagerUma configuração adicional neste meu desktop é a dos fonts. Para alguns trabalhos em especial com as línguas orientais, preciso de alguns fontes específicos.

    Um aplicativo bastante útil no Gnome Debian é o Font Manager que precisei instalar com o Gerenciador de Programas. Com ele, foi fácil instalar os fontes chineses com extensão .ttf que tinha preservado de outras encarnações.

    Este aplicativo também pode ser útil como visualizador de fontes, com a possibilidade de experimentar com textos específicos.

    Carregar os arquivos com as extensões .ttf para a pasta ~/.local/share/fonts parece funcionar disponibilizando os fontes para este usuário específico. Para disponibilizar os fontes para todos os usuários, carregar os arquivos para a pasta /usr/local/share/fonts !

     

     

  • Hydra: Sudoers

    Publicado em 13 de dezembro de 2014 omyasuda Sem comentários

    Acho que ainda gosto de usar o sudo que por algum motivo não é configurado diretamente no Debian.

    User not in the sudoers file. This incident will be reported

    Como será que isso deve ser configurado?

    Continuar a ler este artigo »

  • Debian Congelando…

    Publicado em 30 de novembro de 2014 omyasuda Sem comentários

    DebianEstou rodando o Debian 7

    ~$ sudo uname -a
    Linux iron 3.2.0-4-amd64 #1 SMP Debian 3.2.54-2 x86_64 GNU/Linux

    ~$ cat /etc/*release
    PRETTY_NAME=”Debian GNU/Linux 7 (wheezy)”
    NAME=”Debian GNU/Linux”
    VERSION_ID=”7″
    VERSION=”7 (wheezy)”
    ID=debian
    ANSI_COLOR=”1;31″
    HOME_URL=”http://www.debian.org/”
    SUPPORT_URL=”http://www.debian.org/support/”
    BUG_REPORT_URL=”http://bugs.debian.org/”

    ~$ cat /etc/debian_version
    7.4

    ~$ cat /etc/issue
    Debian GNU/Linux 7 \n \l

    ~$ cat /proc/version
    Linux version 3.2.0-4-amd64 (debian-kernel@lists.debian.org) (gcc version 4.6.3 (Debian 4.6.3-14) ) #1 SMP Debian 3.2.54-2

    ~$ file /bin/bash|cut -d’ ‘ -f3
    64-bit

     

    GNome-300pxcom GNome 3.4.2 64bits.

     

    Tenho observado (1x por dia) o congelamento da tela, o mouse continua se movendo, mas o teclado não responde nem mesmo aos Num-Lock, Caps-Lock.  Ctl-Alt-Fn nem pensar! A providencia até o momento é a reinicialização da máquina no botão de força. Isso não é muito bom….

     

    Continuar a ler este artigo »

  • CD-RW

    Publicado em 19 de novembro de 2014 omyasuda Sem comentários

    Não sei bem de onde apareceu, mas tenho entre os meus CDs um que é CD-RW. Nada de útil nele, estas são as minhas anotações sobre o processo de reutilização deste recurso.

    Desmontar o disco antes de começar.

    sudo umount /dev/cdrom

    Para apagar completamente o disco, deixando como novo, usamos o wodim. No meu desktop Debian, eu não tinha o wodim mas que foi instalado do o gerenciador de programas, instalando todo o pacote. :

    sudo wodim dev=/dev/cdrom blank=all

    Entre outras opções, experimente.

    Para apagar rapdidamente.

    sudo wodim dev=/dev/cdrom blank=fast

    Para apagar somente os dados referentes a sessão anterior.

    sudo wodim dev=/dev/cdrom blank=session

    Referencias:

    1. How to Erase a CD-RW / DVD-RW Disc from the Terminal – Ubuntu

     

     

     

  • Debian 7

    Publicado em 11 de fevereiro de 2014 omyasuda Sem comentários

    Instigado pelo MAC cá estou novamente experimentando. Desta feita com o Debian 7.3 64bits como o meu desktop. Na última hora, estou incluindo o Green neste processo. Será que o Charlie finalmente vai junto nesta?

    O Green é um ferro novo atualmente rodando Window 8, mas que está dando alguns problemas da validação. Vou tentar manter esta instalação em VirtualBox hospedado pelo Debian 7.3 64bits.

    Continuar a ler este artigo »

  • Trisquel – Anotações

    Publicado em 29 de setembro de 2013 omyasuda Sem comentários

    trisquelBom…. sempre em busca de aprender, vamos experimentar com o Trisquel! Aqui vão as minhas anotações.

    Continuar a ler este artigo »

  • VirtualBox no Slackware 14.0 64bits…

    Publicado em 10 de setembro de 2013 omyasuda Sem comentários
    VirtualBox New Update

    VirtualBox New Update

    Tem sido frequente receber a mensagem de existencia de nova versão do VirtualBox como esta.

    Anteriormente, tive algumas dificuldades para fazer esta atualização simplesmente por são saber como proceder. Mas agora, tenho tido sucesso, baixando o arquivo .run no endereço indicado, autorizando a execução e rodando o pacote.

    Se você tiver o pacote de extensão do Oracle VM VirtualBox instalado, ele vai pedir para atualizar este software na primeira vez que executar o VirtualBox.

  • Instalando o Java no Slackware

    Publicado em 10 de setembro de 2013 omyasuda Sem comentários

    Estas são as minhas notas sobre o processo de instalação do Java da Sun no meu Desktop Slackware 14.0 64 bits. Busco conseguir fazer com o Guardião do Banco Itaú e eo Banco do Brasil funcionem neste ambiente (Slackware 14.0 x64).

    Restrições da Licença

    As novas licenças da Sun para o Java levaram a algumas alterações nos procedimentos de instalação Java nas configurações de SlackWare.

    Baixe o Java(JDK) da página de download da Sun. clicando em Java Plataform JDK Standard Edition, assinando o termo de aceitação da licença, e escolhendo o pacote para Linux na configuração correspondente à sua instalação do Slackware (32 ou 64 bits).  Certifique-se de ter escolhido arquivo no formato .tar.gz. Escolhi para o meu caso o arquivo  jdk-7u45-linux-x64.tar.gz !

    Como já tinha feito tentativas anteriores de instalar o Java neste ambiente, vamos seguir a recomendação de desinstalar as versões anteriores.

    BrowsePkgsUsando

    # pkgtool

    posso ver que tenho uma instalação anterior do JDK. Os testes java padronizado realmente não funcionou com esta instalação. Portanto nos encaminhamos para a sua desinstalação usando o próprio pkgtool com a sua opção Remove.

     

     

    O seu disco de instalação do Slackware tem o script /extra/source/java/java.SlackBuild ! Rode-o com

    #./java.SlackBuild /home/user/Downloads/jdk-7u45-x86_64-1.tar.gz             # rode o script SlackBuild
    #  upgradepkg –install-new /tmp/jdk-7u45-x86_64-1.txz                                 # atualize com o arquivo gerado
    #  which java                                                                                                     # verifique o novo java gerado

     

    ContratulationsVisitando o site de verificação da instalação do java, pode ser necessário reiniciar o navegador, obtemos a mensagem de sucesso na instalação.

    Referencias:

     

     

     

     

     

     

     

  • foremost : anotações do caso HD Externo do Echo.

    Publicado em 8 de maio de 2013 omyasuda Sem comentários

    Procurarei deixar anotado aqui as minhas observações sobre o uso do foremost enquanto tento a restauração do HD Externo do Echo.

    Antecipando os procedimentos verifiquei que os windows não conseguem acesso a este disco para fazer o chkdsk /f conforme pensado. Quando tem acesso, enxergam somente como raw, sem possibilidade de rodar esta ferramenta de restauração. Este procedimento  pode não ser o mais indicado pois antecipa procedimentos destrutivos antes de concluir os procedimentos não-destrutivos.

    Encontrei diversas referencias sobre uso do foremost em ambiente Ubuntu, mas estarei procurando instalar e usar no meu ambiente desktop slackware 14 64bits. Baixados os pacotes,

     

    # md5sum foremost-1.5.7-x86_64-1ponce.txz
    # installpkg –install-new foremost-1.5.7-x86_64-1ponce.txz

    foi o suficiente para ter o foremost rodando em meu desktop. Claro que uma boa lida no man foremost é fundamental como sempre.

    Referencias:

  • virada para o Slackware 14.0 x64 Desktop com KDE

    Publicado em 1 de janeiro de 2013 omyasuda Sem comentários

    slackware logoKDE
    Estas são as minhas notas sobre a virada do meu desktop para o SlackWare 14.0 x64 com KDE. Já tínhamos este desejo de migrar para a distro SlackWare a algum tempo e agora surge a oportunidade. Na virada para o ano novo. O Ubuntu colocado sob suspeição. Alem disso estamos em boa companhia de amigos que migram comigo. Remando juntos fica mais fácil. Somente o Necessário! O Extraorinário é demais! (Balu, o Urso). É o lema que estaremos seguindo por aqui. Vamos fazer funcionar sem floreios. Estas notas estão sendo escritas enquanto faço a migração, portanto estão sujeitas a alterações repentinas. Alem disso, este texto não deve ser considerado sequencial. As notas estão sendo feitas de acordo com as suas proximidades de assunto. Sugiro a leitura de todo o texto antes de tentar seguir qualquer parte de procedimento citado aqui. Isso porque acredito que “Aprende-se”, mas “não se ensina!” Continuar a ler este artigo »